sexta-feira, 26 de agosto de 2016

VIDA E CUIDADO

Imagem Google
VIDA E CUIDADO

Cada um traça seu caminho, a vida é um caminho que se bifurca, novamente bifurca e jamais encontra uma avenida reta que leva a um fim determinado.
Olho o vaso florido de margaridas. Chegou em botões, secaram as flores e eis que novos botões e novas flores apareceram. Pode ser que volte a mesa da sala onde estava anteriormente, mas no momento encontra-se no terraço esperando os beija-flores. Secará novamente e ressurgirá com outras flores quiçá no mesmo lugar, ou em outro, tanto faz, enquanto houver terra fértil e água o ciclo de flores que nascem e morrem perdurará.
Assim também é a vida e seu caminho, não importa a mesa ou o terraço, não importa se ao lado existam roseiras ou gerânios, o vaso com suas flores persistirá.
Tudo é vontade. Nada acontece ao acaso. Tudo é escolha.
A vida, com suas fases tem seu tempo como as flores: a infância é a descoberta, a juventude o arrojo, a idade adulta a obrigação e a velhice é apenas resultado de todas fases.
Em um casal, por mais que exista o compartilhamento, cada um tem sua direção. A vontade é individual, não coletiva. Cada qual a seu modo traça seu rumo e arca com as consequências. Não há acaso, há determinação individual. Ninguém ilude ninguém; pode apenas haver sonhos e fantasias que confundem, mas o caminho é de cada um.
Não culpes ninguém, você escolheu e arca com o resultado. Não há sujeito oculto, tudo é visível e claro. Defeitos não aparecem como odores putrefatos, a carniça sempre esteve junto ao perfume, apenas a sensibilidade seletiva sente um ou outro.
Os caminhos se bifurcam individualmente. Para trilhar o mesmo caminho apenas o sapato do cuidado com o outro leva ao mesmo rumo. Cuide! Se faltar o cuidado, se confundir o cuidado com ilusões individuais, rancores intensos com passageiros deslizes [ deslizes todos tem], engodos como se fossem verdadeiros; se a ilusão pessoal ou social ultrapassar os objetivos, a sequência será desastrosa e o caminhar pedregoso ou impossível.
Viver é nascer e morrer a cada instante como o vaso de margaridas, a arte é apenas cuidar.
26/08/16

Tony-poeta

sábado, 13 de agosto de 2016

desamparo

imagem Google

DESAMPARO

Humanos:
Reino animal.
Vida:
Finita.
Ser:
Infinito.
Equações sem respostas,
Apenas deixa exposta
A neurose que campeia
No desamparo
Que nos rodeia.

13/08/16
Tony-poeta


quinta-feira, 11 de agosto de 2016

declaração



declaração


A chuva cansou de chover 
Deu uma pausa 
Para eu te ver 

Tony-poeta

LEMBRANÇAS REMOTAS

LEMBRANÇAS REMOTAS
imagem Google


Amanheceu,
Ondas escuras,
Arenosas.

Pombos ciscam na praia
Querendo ser gaivotas.

Penso em você...

Lembranças remotas...

11/08/16

Tony-poeta

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

OLIMPÍADAS - UM DESTAQUE

OLIMPÍADAS
UM DESTAQUE


De tudo que correu nos jogos atuais da Olimpíada, entre o que me agradou e desagradou, um fato inusitado chamou minha atenção:
Correndo os canais de T.V. parei em um jogo de Tênis de Mesa, na Band. Como sei jogar ping-pong, diferente, mas parecido, parei no canal.
O narrador estava se esforçando. A lá Galvão tentava irradiar as raquetadas.
Mais ou menos assim:
- Sacou
- Respondeu...
- Fora...
- Ponto...
Fiquei intrigado; até que o pobre locutor tentava dar emoção, foi salvo pelo comentarista que interviu e iniciou uma calorosa discussão de tão dinâmico jogo.
Realmente foi inédito.

Tony-poeta


domingo, 7 de agosto de 2016

VOCÊ


VOCÊ

O espelho do olhar
Inverte o mundo,
Sou um gato
Me agrado em você.
Seu sorriso
É meu sorriso,
Interno,
Me faz crescer...
´
Aí é que abraço o mundo,
Meu mundo,
Usando você.

07/08/16

Tony-poeta

domingo, 31 de julho de 2016

LIMITES

LIMITES
imagem Google - uol

Meu limite
Esbarra
No teu limite.

Nada é ilimitado.

Veja o andarilho:
As pedras limitam seus passos.

31/07/16

Tony-poeta