sábado, 4 de fevereiro de 2017

ESTÁTICO

IMAGEM GOOGLE

ESTÁTICO


É manhã, ando na praia
À tarde
Três garças brancas
Vão descansar
À noite
Olho a lua,
Entre nuvens,
Me fazendo meditar.

Todo dia
Ando pelas ruas
[Minha vida é andar]
Tudo se move...
[Nada se move]
Nada muda de lugar.

Como arvore ou tiririca
Vejo o vento passar.
[ Beijo meu patuá]
Este vento
Que traz amores
Leva sonhos
Range a noite
Não muda o lugar.

Todo dia
Como vegetal.
Imóvel
Olho a vida...
Ou é a vida a me olhar?
Nada muda
Nada anda
Estático
Apenas penso...
Penso o mesmo pensar.

04/02/17
Tony-poeta



terça-feira, 31 de janeiro de 2017

CAMINHANDO

IMAGEM GOOGLE



CAMINHANDO


Solidão persiste
O outro é passageiro.

Tudo é angústia
De um sonho sorrateiro
Que passou acelerado.

Imagens em slides:
Momentos não conservados
Na tenda das ilusões.

Somos só... apenas só
No planeta agressivo
Onde tentamos viver.


31/01/17

Tony-poeta

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

ETIQUETA

No dia que nasci

morri por dentro,

virei um ser social

com regras de etiquetas

impostas por um manual.


O ser morto

que existe em mim

esperneia: 

falando que a natureza
não é assim...


Vivo e morto

sigo socialmente

até ressuscitar.



27/01/2017
Tony-poeta

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

felicidade - pensamento



FELICIDADE: 

É TER ALGUÉM 

COM QUEM REPARTIR NOSSA 

INDIVIDUALIDADE.

Tony-poeta

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

INSTABILIDADE


INSTABILIDADE

Viver é caminhar na instabilidade,
Pisar em terreno movediço,
Fazer de sonhos saudades
Fazer o futuro em delírios
Andar... andar sem destino
Correr sempre desorientado.

Quando estável fica a estrada,
Se apavora:  a vida plana
Aterroriza a andança insana.

Viver é correr para o nada
Numa busca alucinada
Sem retorno.

28/12/16
Tony-poeta


quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

CONSTATAÇÕES

IMAGEM AIOU SPRING


CONSTATAÇÕES


QUEM VIVE DA GUERRA
É MERCENÁRIO.

QUEM DÁ GOLPE
É SALAFRÁRIO

QUEM APLAUDE
É OTÁRIO

NINGUÉM
É APENAS OPERÁRIO.

21/12/16
Tony-poeta



sábado, 10 de dezembro de 2016

CIDADE

CIDADE
foto usp

O padeiro já fez o pão
O dia começou

O barulhento ônibus
Substitui o canto do galo.

Carros em disparada
Tentam quebrar a barreira do tempo.

Espreguiço no terraço:
O sabiá canta sua história,
O canário cisca a grama,
O bem-te-vi saúda o dia...

Sigo o tempo da vida:
A sociedade frenética
Tenta adiantar o tempo.
Se perde nas esquinas...

10/12/2016

Tony-poeta