domingo, 27 de abril de 2014

DISTORCIDO



DISTORCIDO

Quero
Colocar um cristalino distorcido
Em meus olhos ressentidos
Do mal da humanidade.
Retornar
Aos sonhos coloridos
Que levei na mocidade.
Ver bosques verdes
Onde as torres avançam
Ver a vida andar
Sem fumaça negra
Ver garças voando
Entre aeroportos
E o guara vermelho
Fazendo gentilezas.
Ver o ser sorrindo brindando a vida
Sem disputas vis, sem maldades alheias.

Quero olhar distorcido
Fazer-me amante
Em rimas do destino
Com cores radiante
Amando a vida
Amando encantos
Ao menos por um instante.

27/04/14

Imagem Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário