terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

ERRO







ERRO





Repousar na glória inglória

Das ilusões mal concebidas

E, nos sussurros obscuros

Nem vitória

Nem derrota

Nem tampouco indiferença há.

É sentir o gosto insípido

Do sonho mal sonhado.



Sem saber

Ignoto

Despercebido

Não se notar

Não estar em lugar algum

Não ter rota

Não ter traço

Não ter cor.



Catatônico

Patético

No marasmo

Em tamanho labirinto

Ver-se tão pequeno

Que não se percebe que está vivendo.





31/08/1970

tony-poeta pensamentos

Nenhum comentário:

Postar um comentário